A Política e o Gerenciamento de Redes Sociais

Fake news, fake news… brada Donald Trump. Au, au, au.

Tirando o destempero histriônico do presidente americano, a verdade é que toda a política e a mídia mundiais estão de olhos bem abertos para o tema das notícias falsas. Afinal, de que forma vamos lidar com mais este desafio social? Como buscar a verdade se ela virou uma “agulha no palheiro”?

O mundo político está tomado por tudo o que envolve as “fake news”.  Alguns dizem que sempre foi assim, sempre existiram notícias mentirosas e falsas. No entanto, isso era um processo controlado por alguns veículos de mídia de baixo nível, que não são tão poucos assim. Na real, são muito mais representativos do que pensamos. Veículos tendenciosos e sem vergonha sempre existiram e ajudam a botar mais confusão em todo este processo. Agora, a confusão se instaurou de vez na era das mídias sociais. Todas as pessoas do mundo virtual estão nesse jogo, potencialmente. Isso significa o CAOS.

Notícias falsas têm surgido o tempo todo, principalmente nos momentos decisivos dos períodos eleitorais. Isso ocorreu no Brasil, nos Eua e é um caminho que só estamos iniciando. O problema é que não há muita solução em vista. E isso pode mudar o mundo para sempre. Mas de onde surgem estas notícias? Dos próprios usuários, e por diferentes motivos, razões e circunstâncias. Pode ser por uma brincadeira, pode ser por crenças políticas ou mesmo dinheiro, muito dinheiro. Isso mesmo, muito dinheiro está envolvido nesta história, mas não necessariamente isso é promovido pelos candidatos em disputa. Possivelmente, empresas de marketing digital ganham muito dinheiro com os cliques que estas notícias polêmicas, bombásticas e falsamente relevantes. O indíce de CTR, como eles chamam, é enorme para este tipo de notícia. Assim, como já sabemos, tudo que gera audiência gera dinheiro.

Hoje em dia, o principal recurso das campanhas políticas se dá nas campanhas digitais. Os candidatos e seus apoiadores formam um batalhão de pessoas pra administrar e detectar tudo o que passa em termos de mídias digitais. Eles atuam em tudo o que aparece de forma relevante ou com potencial para crescer e virar uma fake news ou até mesmo uma real news. O negócio é vencer a luta pela construção de uma imagem melhor, mais atraente e de alta credibilidade. O lance é fazer um gerenciamento de redes sociais absolutamente profissional. Hoje os analistas e conselheiros dizem que é ali que se ganha e se perde, sendo mais importante do que os comícios e debates televisivos.

Veja abaixo um vídeo do Amyr, que sempre buscou se isolar do mundo. Felizmente, pra ele, durante as viagens, não devem chegar fake news pra ele. Mas quando ele volta… volta para a nossa realidade desafiadora, talvez até mais do que ficar entre o céu e o mar.